| nov , 08 , 2019

SMASDH na luta contra o trabalho escravo



Os profissionais que atuam na política da Assistência Social se reuniram no auditório da Sociedade Bíblica do Brasil, no centro do Rio de Janeiro, para o encerramento da capacitação realizada pela ONG Escravos Nem Pensar, com os profissionais da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH).

Foram três encontros com a finalidade de preparar os profissionais da Assistência a identificar casos de trabalho escravo nos atendimentos realizados nos equipamentos dos CRAS.

A primeira etapa da capacitação foi teórica com encontros presenciais abordando a temática. A segunda etapa os assistentes sociais colocaram em prática por meio de palestras, dinâmicas, encontros e mobilizações dentro dos CRAS.

A discussão desse tema se torna ainda mais importante devido ao contexto político-social atual que está levando milhares de pessoas, principalmente venezuelanos, a migrarem para outros países.

Durante o encontro, os profissionais da Assistência mostraram o balanço das atividades realizadas durante o ano.

Ao todo foram capacitados 83,6% da rede da Assistência. A capacitação contou com apoio do Ministério Público do Trabalho e da Comissão Estadual para Erradicação do Trabalho Escravo.



%d blogueiros gostam disto: