| nov , 29 , 2019

Assistência Social na Campanha Novembro Azul



A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH), em parceria com o Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, promoveu hoje uma ação com a finalidade de conscientizar sobre a prevenção do câncer de próstata.

Na ocasião, o professor e doutor em Urologia, Irineu Robinstein, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, palestrou para cerca de cem usuários das Unidades de Reinserção Social (URS), da SMASDH, com faixa etária acima de 40 anos.

O professor Irineu afirma que o câncer de próstata é o segundo câncer mais frequente na população masculina, e os fatores de risco são: a poluição, a ingestão de gorduras, tabagismo, consumo excessivo de álcool e obesidade.

Segundo ele, para melhor qualidade de vida e saúde é recomendado uma alimentação balanceada, com o consumo de frutas, soja, vitamina D e E e a realização de atividades físicas.

O diagnóstico precoce do câncer de próstata é de grande importância, feito com o exame de toque, realizado pelo médico urologista, sendo recomendado para homens acima de 50 anos e 40 anos para aqueles que possuem histórico familiar da doença.

O secretário da SMASDH, João Mendes de Jesus, compareceu e falou sobre o evento. “Tive a grata satisfação de trazer os nossos acolhidos para a conscientização a respeito do câncer de próstata. Fico feliz em deixar tanto esclarecimento sobre tudo o que foi tratado nesta maravilhosa conferência. Sou muito grato ao professor Irineu e ao Hospital Graffée e Guinle por nos proporcionar um conteúdo tão rico para os nossos usuários” – enfatiza.

A assistente social também da mesma Secretaria, Daniele Maria Costa, esteve presente. Para ela, a conferência é uma ação que irá somar às ações educativas que visam cuidar da saúde da população em situação de vulnerabilidade social.

“Na construção de projetos de vida cuidar da saúde é uma das etapas importantes desse processo e hoje estamos com usuários de todas as nossas unidades, tivemos uma grande adesão e registramos o sucesso a partir das perguntas dos usuários que interagiram muito.Eles ficaram muito interessados pelo tema” – conclui.

 



%d blogueiros gostam disto: