| jul , 06 , 2020

João Mendes diz que Pólo de Cuidado Comunitário reafirma preocupação de Crivella com o social



 

O vereador João Mendes de Jesus (Republicanos) disse hoje, na inauguração do Pólo de Cuidado Comunitário de Santa Cruz, que o prefeito Marcelo Crivella ratifica seu governo como uma administração preocupada com o social e que trata os recursos públicos com responsabilidade.

O Pólo Comunitário realiza suas atividades na Policlínica Lincoln de Freitas Filho, localizada no importante bairro da zona oeste, cujos moradores poderão agora contar com um centro de atendimento que garanta assistência aos pacientes com dificuldades respiratórias, febre e suspeita de infecção pela Covid-19.

“A administração Crivella tem muita preocupação e responsabilidade com a sociedade carioca e tem se empenhado com determinação para salvar vidas ao dar todas as condições de trabalho para que os profissionais de saúde atendam com qualidade a população carioca” – afirma João Mendes.

O Pólo Comunitário de Santa Cruz contará com enfermaria com leitos de observação clínica
e suas atividades funcionais serão de 24 horas por dia. O espaço médico-laboratorial oferece coleta de exames e urgência; testagem rápida de pacientes; além de ter um centro de Imagem com radiografia simples e tomografia computadorizada.

Além disso, profissionais de saúde farão o acompanhamento dos pacientes, no que concerne à psicologia, nutrição e fisioterapia, assim como tratar de estabilizar o paciente em situação grave até a sua remoção. Por sua vez, a unidade também recebeu um tomógrafo.

“As pessoas que tratam de doenças crônicas, a exemplo de diabetes, pressão alta e sentirem sintomas gripais e de covid, como febre, coriza e tosse ficarão 72 horas observadas por profissionais e, com efeito, se for comprovada a doença, os pacientes serão imediatamente enviados aos hospitais que possuem leitos e equipamentos para o combate à Covid-19” – explica João Mendes.

O vereador ressaltou que Crivella teve, no decorrer da pandemia do novo coronavírus, uma atuação pró-ativa, pois, além de ter se antecipado à compra de equipamentos e insumos no exterior, construiu hospitais de campanhas, que receberam pacientes, salvaram vidas e agora os atendimentos diminuíram, porque o trabalho de combate à Covid-19 foi realizado com profissionalismo e responsabilidade.



%d blogueiros gostam disto: